Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2011

Leilões para Renovação de Concessão no Setor Elétrico - Manifesto

Divulguem para o maior número de pessoas, conclamando que assinem o manifesto da FIESP. Temos que nos libertar deste jugo fiscalista e tributário dos governos brasileiros, na realidade, uma verdadeira ditadura econômica e neste caso, pronta a beneficiar os concessionários se nada for feito em contrário.
O objetivo é alcançar um realinhamento tarifário a níveis decentes de um contrato social respeitoso (cerca de R$ 20,00 MWh). Ao desonerar tributos, encargos, "fiscalismos" e patrimonialismo estatais e de sua clientela, estaríamos acrescentando ao PIB brasileiro, em 10 (dez) anos, o atual PIB da Argentina.
É um desafio e um destino que temos que consagrar. Seria um influxo extraordinário à economia brasileira e à sua inserção de forma ainda mais afirmativa no mundo, especialmente agora que enfrentamos crises provocadas pelos países centrais.

Teor do Manifesto: Eu, (Carlos Dias Filho), abaixo assinado venho, por meio deste documento, exigir a realização de leilões para a renov…

A Saúde no Município do Rio de Janeiro

Após o acidente evitável com o bondinho de Santa Teresa onde cinco pessoas perderam a vida e mais de cinquenta ficaram feridas o sofrimento seguinte foi o atendimento nos hospitais da prefeitura Salgado Filho e Souza Aguiar.
Houve problema nos tomógrafos dos hospitais e os pacientes, então, foram encaminhados para o Lourenço Jorge. Mas, o Lourenço Jorge não tinha neurocirurgião, desta forma, após o exame, os feridos eram obrigados a deslocar-se de volta para o Souza Aguiar. Um verdadeiro descaso!
Já não é novidade o estado precário das unidades de atendimento à saúde no município do Rio de Janeiro. Pessoas são encontradas pelo chão nos corredores dos hospitais em macas improvisadas. Há falta de profissionais, material médico e medicamentos.
Não se pode achar razoável que uma cidade como a do Rio de Janeiro, que possui uma das maiores arrecadações de tributos não consiga cumprir minimamente as obrigações com a população carente em área tão vital.
Há dinheiro para tudo! Festas nas praias, p…

Eleições na Cidade do Rio em 2012 - Atenção!

As eleições municipais na cidade do Rio de Janeiro em 2012 nos apresentarão diversos desafios, porém, nenhum significativamente novo. As mazelas da cidade apenas se avolumam como uma conta que não se paga.
A cada eleição a expectativa de amortizar este sofrimento é renovada por velhas promessas e atores. Portanto, saber escolher o vereador e o prefeito será uma questão crucial.
O grande desafio da cidadania será enfrentar nas próximas eleições tanto a continuada corrupção político-administrativa quanto à incompetência na gestão de nossa cidade. Não é aceitável que façamos esforços e sacrifícios na família e no trabalho para alimentarmos parasitas presentes constantemente na administração pública para fins de enriquecimento e manutenção de poder político. Este estado generalizado de corrupção inviabiliza o progresso social e a tão buscada paz.
A cidade do Rio, antes campo de convívio de famílias e de lazer saudável, cada vez mais se aproxima de um parque prisional. Somos cidadãos cercados…

Caxias e a Integração Nacional

A integração nacional não é uma questão nova para nós brasileiros.
O País tem lutado em diferentes ocasiões históricas em prol de sua unidade - territorial, política, social e econômica - bem comopelaarticulação de seus meios e de sua organização social no território.
O que permitiu ao País sobreviver a uma série de conjunturas difíceis, de conflitos internos e até de conflitos externos, embora divididas as suas elitesdaépoca, mantendo-se íntegro, unido e independente, malgrado o ambiente político circundante eivadode autoritarismopróprio domilitarismo republicano platino?
Duas grandes instituições ajudaram a preservar e a salvar o Brasil. A primeira, a Monarquia Constitucional moderada, de fé católica e de fundo político liberal e a segunda o Exército Brasileiro, cuja figura central nesse período é, sem sombra de dúvida, o aniversariante do 25 de agosto, o Duque de Caxias, por isso data em que se comemora o dia do soldado brasileiro.
Caxias liderou as forças nacionais em todas as grandes…

Maconha faz mal?

* Dr. Sérgio de Paula Ramos
Sou dos que pensam que não cabe a um especialista determinar como uma sociedade deve se comportar frente a este ou àquele tema. Nosso dever é dar informações científicas e permitir que, em posse delas, a própria sociedade decida sobre seus caminhos.
Com a maconha, é isso que deve ocorrer. O especialista alerta que seu uso por jovens, comprovadamente, associa-se com posterior queda no rendimento escolar, experimentação de outras drogas, depressão e esquizofrenia. Ainda que jovens que usaram maconha mais do que 100 vezes na vida (ou seja, duas vezes por semana ao menos por um ano), ao chegarem aos 25 anos, terão menos diplomas universitários e estarão menos empregados que seus iguais não usuários.
Outro fato relevante é que maconha, na história natural de um dependente químico, é a segunda droga de experimentação, sendo a primeira o álcool; daí porque se diz que ambas são drogas de entrada para as demais. Igualmente, é de se destacar o fato de que quanto mais um…

Oração Importante

Recebei, Senhor, as nossas preces. Por vossa graça, sejamos inflamados no mesmo amor da Virgem Maria, Mãe da Igreja e nossa Mãe, para, com ela, associar-nos mais estreitamente à obra da redenção. Por Cristo, nosso Senhor. Amém. Fonte: Folheto A Missa.

O Papel do BNDES e a Fusão Pão de Açúcar - Carrefour

As manifestações do BNDES inadequadas e em momento impróprio geraram desconforto e desconfiança quanto à atuação do banco em operações privadas.
Conceitualmente o BNDES é um banco de desenvolvimento que responde pela política de investimentos de longo prazo do governo federal.
Entre as principais e relevantes características do banco destaco, entre outras, a de impulsionar o desenvolvimento econômico; fortalecer o setor empresarial nacional; gerar empregos; abrandar os desequilíbrios regionais; promover o crescimento e a diversificação das exportações e ser um instrumento de combate à inflação.
Analisando-se a postura do BNDES em querer sustentar, através de aporte financeiro de capital do Tesouro, uma operação de suposta internacionalização de uma empresa de varejo com sócios estrangeiros e em desarmonia, no mínimo fere a boa razão.
A operação proposta pelo Pão de Açúcar desejava obter do BNDES, através do BNDESPar, empresa 100% controlada pelo banco oficial e presença da instituição no …

Câmara Municipal da Cidade do Rio de Janeiro Frente Parlamentar Em Defesa da Vida

Debate Público:Família, patrimônio da humanidade Dia 15 de agosto de 2011 No momento em que o Estado no Brasil se arvora em tutelar e conferir status de direito à mera vontade de grupos e pessoas, que afrontam a natureza e a própria liberdade humana, a família brasileira deve, por oportuno, lembrar aos poderes constituídos que estes poderes outorgados não são absolutos e, por via da própria democracia, estes são derivados da vontade expressa em eleições pelo conjunto de cidadãos e, que todos, sem exceção, estão subordinados aos limites impostos pela Constituição Federal do Brasil.
Refiro-me diretamente ao Supremo Tribunal Federal, que como guardião da Constituição, tem falhado e usurpado em matérias vitais para o equilíbrio da sociedade brasileira.
O avanço de interpretações à luz da vontade de legislações de clareza cristalina impressa nos próprios textos legais votados no Congresso Nacional gera uma instabilidade e um desequilíbrio entre os Poderes e transfere à sociedade brasileira ris…