Nota aos Fiéis Católicos e as Pessoas de Boa Vontade sobre o Aborto de Crianças Portadoras de Anencefalia

No meio a tantas opiniões desqualificadas que nos colocam numa atitude de perplexidade, os Leigos Católicos em Defesa da Vida vem elucidar aos seus fiéis católicos e a outras pessoas de boa vontade, que desde sempre, a Igreja Católica atua na defesa inalienável da vida e da dignidade da pessoa humana.

Tendo em vista a triste possibilidade do Supremo Tribunal Federal de nosso país instituir a prática de homicídio hediondo de crianças portadoras de anencefalia, abrindo um perigoso precedente para a total legalização do crime do aborto, os Leigos Católicos em Defesa da Vida têm a reafirmar:

1 - Que a criança anencéfala é uma pessoa viva;

2 – A sua reduzida expectativa de vida não limita seus direitos e sua dignidade;

3 – Que a dignidade humana não advém das leis ou de decisões judiciais produzidas pelo homem.

Neste sentido, exortamos aos fiéis católicos e a outras pessoas de boa vontade que se manifestem pelos meios disponíveis de comunicação aos ministros do Supremo Tribunal Federal seu total repúdio a qualquer decisão que possa acarretar a liberação do aborto.

Leigos Católicos em Defesa da Vida.

Comentários

  1. Incoerência têm limites.Eles queriam aprovar no STF as pequisas com Células Tronco embrionárias para promover pessoas com deficiência,então,alegavam que deveriam ter direito a pesquisa.E agora se opõem publicamente as células tronco e aos anencéfalos?Quem promove aborto de anencéfalos contradiz os cientistas declarando que não crêem nas células tronco e que um bebê não poderá ser operado no ventre de suas mães para correção de anomalias.#BrasilSemAborto

    ResponderExcluir
  2. Muita gente bem-intencionada, infelizmente, vem se posicionando a favor do aborto, ao menos em alguns casos. E outra boa parcela das pessoas fica em cima do muro. Isso parte de uma grande desinformação. A mídia em geral, especialmente a TV, não ajuda em nada a elucidar a questão de forma científica e não-ideológica.

    Seria uma grande graça que as pessoas olhassem que a questão do direito á via do nascituro não é religiosa - ainda que os religiosos sejam os primeiros a defendê-la - mas é, sim, humana, eticamente e cientificamente lógica, a ponto de qualquer ateu pdoer reconhecê-la. Basta ter um pouco de boa vontade para correr atrás das informações.

    ResponderExcluir
  3. Isto não estaria acontecendo se tivessem votado certo e todos os candidatos que acreditam na vida, tivessem feito a campanha certa.
    Infelizmente, a situação aí esta'. Cabe aos senhores, deputados e senadores, lutarem pela não aprovação, mesmo que fiquem alijados do governo.Toda coerência é bem-vinda.
    Todos sabiam que aconteceria isso.

    ResponderExcluir
  4. Aprovar o aborto é crime, cabe sim aos Senhores deputados e senadores, lutarem pela não aprovação do aborto e sim a favor da vida, o que vale mais a Lei Deus ou a Lei dos homens? tomamos consciências naquilo que é certo. afavor da vida e não o aborto, uma criança em qualquer problema na ultéro de sus mãe deve ser respeitada é uma vida e esta vida deve ser bem-vinda.......

    ResponderExcluir
  5. Sou conta o aborto,esta terrivel lei de mata ou de aborta as crianças com anencéfalos. Sou catolica. 0 aborto mata as crianças inocente,indefesa,sendo o sangue de Cristo,que continua derramando na Cruz.Pois, o aborto e crime contra o amor de Deus.Deus ira pedir conta de cada vida abortada e quem ama a Deus sobre todas as coisa nao aborta, pois Deus ama a todos apesar da deformaçao do feto, pois para Deus todos possui uma alma e já um filho que ira ocupa um lugar no ceú

    ResponderExcluir
  6. sou conta o aborto. e rezo para esta lei do aobrto com os anencéfalos nao passe. Cada criança ja tem uma alma para Deus. Jesus grita de dor por cada criança aobrtada.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Preces da Comunidade

Governos: Falta de Planejamento e Visão