Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2012

NOTA AOS ELEITORES CATÓLICOS E A PESSOAS DE BOA VONTADE SOBRE O 2º. TURNO DAS ELEIÇÕES EM SÃO GONÇALO

Não é de hoje que assistimos a angústia e ao sofrimento do povo de São Gonçalo diante de tantas tentativas, em alguns momentos até bem intencionadas, de governantes para a melhoria das condições de vida da população. Momentos esses acompanhados da sincera esperança deste povo trabalhador e honesto. Contudo, infelizmente, a frustração no ambiente político-administrativo parece ser a tônica há anos.
Venho manifestar a minha opinião particular como membro-fundador da Pastoral de Católicos na Política da Igreja Católica no Estado do Rio de Janeiro sobre o 2º. Turno das Eleições.
O povo de São Gonçalo, primeiramente, deve ter autonomia na escolha de seu prefeito. É responsabilidade exclusiva dos habitantes deste município. Não se deve jogar neste pleito interesses político-partidários e de poder, que será objeto de disputa em 2014.
Esta eleição, portanto, é para o bem da cidade, de suas famílias e das pessoas que vivem e trabalham em São Gonçalo!
É importante destacar neste contexto que um ato…

O Futuro do Democratas - DEM

Analistas políticos e jornalistas de várias correntes reiteradamente anunciam a morte do Democratas. Não sei que desejo é este tão desmedido de decretar a extinção de um partido que contribuiu de forma significativa para o equilíbrio político e econômico do país.
Certamente, o que desagrada aos críticos do DEM, ex-PFL, é a sua mantida identidade com o conservadorismo moral, com a liberdade no empreender na economia e com o modelo de defesa de um Estado não interventor.
O Democratas tem em seus fundamentos sólidas teses onde a Pessoa é o centro e o fim último da política. O bem-estar sócio-econômico das pessoas é uma conquista delas próprias, com empenho e esforço. Nesta equação aparece o Estado com um servidor e também como um agente de simetria que equilibra as forças que interagem na vida social e econômica.
O Democratas hoje precisa é de forma inabalável e corajosa defender seus fundamentos e valores. As respostas das urnas, ao contrário do que os analistas políticos e jornalistas apr…

É Razoável Crer?: Papa Bento XVI - Homilia de Abertura do Ano da Fé ...

Arquidiocese de São Paulo e o 2o. Turno das Eleiçõs na Cidade de São Paulo

A Igreja Católica de São Paulo, em um movimento claramente político, atacou Russomano por um documento escrito há quase 4 anos pelo presidente do PRB, ligado a igreja Universal, no qual fazia acusações descabidas e desonestas à Igreja Católica. Agora, neste momento de decisão no 2o. turno das eleições na capital paulista, seria justo e correto que a Arquidiocese de São Paulo emitisse Nota condenando o ex-ministro da Educação Fernando Haddad pela tentativa de implantação do "kit gay" nas escolas públicas do Brasil.

Dom Eugenio de Araújo Sales e o Diaconato Permanente

Dom Eugenio de Araujo Sales faleceu em 9 de julho de 2012, dia de Nossa Senhora da Paz, a paz que ele tanto almejou junto com a alegria que ele citava em seu discurso de posse e no último artigo que escreveu.
Na paróquia da Senhora da Paz em Ipanema manteve um escritório após sua renuncia.  Paz que ele pregava! Coincidências de Deus!
Nas manifestações por ocasião do seu falecimento, faladas ou escritas, especialmente no Testemunho de Fé e no Boletim do Clero de Julho e Agosto, em nenhuma constou a informação de que foi ele quem incentivou e instituiu, nas Dioceses em que esteve, o Diaconato Permanente.
No Rio de Janeiro, há 25 anos, mesmo divergindo do Conselho Presbiteral da época, instituiu o Diaconato para homens casados e viúvos e após preparação de quatro anos, ordenou em 6 de junho de 1987 a primeira turma de nossa Arquidiocese com nove diáconos. Dois comemoraram este ano seu Jubileu de Prata. Os outros sete já estão na Casa do Pai.
Depois de mais quatro anos e meio de preparação nã…